Regularização do Conjunto Antônio Maria de Paulista/PE

Última atualização:

Dia 24 de agosto de 2009, segunda-feira, nos reunimos com a comunidade do Conjunto Habitacional Antonio Maria, em Audiência Pública, realizada na Igreja de Santo Expedito, na Alameda Paulista. O objetivo da Audiência foi tentar através das autoridades competentes a Regularização Fundiária do terreno do Conjunto. Mesmo com muita chuva os comunitários não faltaram.

A igreja ficou cheia de pessoas que traziam no semblante a esperança de ver solucionado esse problema que se arrasta sem solução positiva para todos. Estavam presentes os representantes da Cehab, Thiago Mendonça e Otávio Calombi, além de representantes dos movimentos sociais como Gian Carlos, Movimento Luta e Resistência pelo Teto, MLRT. Otávio Calombi, da Cehab, explicou à população que a Cehab aguarda do município de Paulista a documentação correta, toda a papelada do terreno para com a documentação em ordem a Cehab receber a doação dos terrenos.

O líder do MLT, Sérgio Capoeira, falou da sua preocupação com a situação dos moradores do Conjunto. Gian Carlos, que nos procurou em nome da comunidade do Antonio Maria, solicitando a Audiência Pública, falou da importância de ter conseguido unificar os movimentos sociais e a comunidade presente em busca da resolução do problema. “

Precisamos sair daqui hoje com a certeza da próxima etapa que vamos seguir. Que no final desse ano ainda, nós possamos obter a data certa em que vamos receber as nossa casas e quanto vamos pagar por mês, apesar de achar que não devíamos pagar nada, pela história de luta da comunidade. 8 anos se passaram. Até quando vamos esperar?”

O representante da secretaria de assuntos jurídicos da Prefeitura do Paulista não compareceu e por isso, as informações referentes ao conjunto Antonio Maria, não nos foram dadas. Como encaminhamento ficamos de nos reunir nos próximos 15 dias, com o procurador geral do município e o o secretário de Assuntos Jurídicos, o Sr Flávio Regis, para juntarmos as informações e em outro momento, em plenária e por escrito informarmos à população a verdadeira situação jurídica do Conjunto Habitacional Antonio Maria.