Live – Valorização dos profissionais de Saúde e reconhecimento da importância do SUS

Última atualização:

No último sábado, 23, demos fim aos debates da Semana da Enfermagem com uma conversa sobre a valorização dos profissionais da saúde e reconhecimento do SUS. Nossa convidada da live foi a ex-superintendente de Atenção à saúde do município, Ceci Alencar.

Na live, expliquei um pouco sobre o surgimento do SUS, que nasceu e ganhou força na época pós-Ditadura Militar e veio com a garantia de direitos humanos, presente nas discussões democráticas, começou a se pensar que as políticas públicas precisavam ser acessíveis para todos

Também relembramos as dificuldades enfrentadas pelo SUS, principalmente o repasse pobre de recursos do Governo Federal às ações da pasta e das decisões políticas em níveis estaduais e municipais.

Além disso, explanamos a má aplicação dos recursos, que acontece em Paulista/PE com o fechamento de 16 Unidades Básicas de Saúde. Nenhuma cidade de grande porte da RMR fechou unidades de saúde, pelo contrário, em Recife criaram-se novas unidades, centros de referência a mais para que a população saiba como ser atendida, como fazer, onde buscar assistência

E, para finalizar, também relembramos a reivindicação das categorias profissionais da área da saúde sobre pagamento da taxa de 40% de insalubridade, como forma de valorização do trabalho prestado à sociedade. A garantia de saúde, segurança e qualidade de vida aos trabalhadores é a forma mais básica e mais essencial de enxergar a importância da função realizada.

Valorização do profissional passa por tudo que a gente disse: capacitação, formação, EPIs, um bom programa, supervisão, uma boa gestão, integração, tudo isso é importante para que a saúde avance como política. Mas, não pode deixar de lado a falta de respeito manifestada na remuneração. Técnicos de enfermagem recebendo menos de um salário mínimo e, mesmo com o acréscimo de vantagens, infelizmente, não chega nem a 2000 reais!