5 de Maio é o Dia Mundial da Higienização das mãos

Última atualização:

O dia 5 de Maio foi reconhecido mundialmente como o Dia Mundial da Higienização das Mãos pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Criado com o objetivo de incentivar a higienização das mãos, o dia traz uma lição de consciência da população devido aos altos índices de infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS). As mãos são responsáveis por transportar microorganismo que causam doenças, e a melhor maneira de detê-los é a higienização das mãos, pois essa ação elimina os micro organismo causadores de infecções. Em tempos de pandemia da Covid-19, o ato da higienização das mãos tornou-se fundamental para a prevenção da transmissão da doença. O uso de elevadores, escadas, metrôs, ônibus, além de outros objetos do cotidiano das pessoas, pode aumentar o contágio com várias doenças.

Higienizar as mãos após entrar em contato com pessoas e objetos é um ato fundamental para salvar vidas e prevenir a proliferação de doenças infecciosas. Pode ser considerado um ato simples, mas a higienização das mãos deve ser feita de maneira correta, e ainda é a maneira mais eficaz para prevenir doenças. Profissionais da saúde destacam que as mãos devem ser lavadas com água e sabão quando estiverem visivelmente sujas, após a utilização do banheiro e após ter contato com organismos formadores de esporos. Ainda recomenda que em outras situações, a solução alcoólica é efetiva com a fricção vigorosa. Na hora de lavar as mãos, passe primeiro o sabão e molhe com água, esfregue a palma de cada mão, esfregue entre os dedos e o polegar, lave o dorso e, por fim lave, os pulsos e enxágue.

Aos profissionais de saúde, o Dia Mundial da Higienização traz a conscientização para o cuidado na prevenção da transmissão de doenças para o paciente. É recomendação do Ministério da Saúde que os profissionais da saúde higienize suas mãos antes de tocar no paciente, antes da realização do procedimento limpo-asséptico, após o risco de exposição a fluidos corporais ou excreções, após tocar o paciente e após tocar em superfícies próximas ao paciente. Infecções transmitidas pelas mãos já representam mais de 25% dos pacientes em países em desenvolvimento, o que representa centenas de milhões de pacientes infectados. Já a Organização Mundial de Saúde (OMS) destaca que a falta de higienização das mãos afeta mais de 30 milhões de pessoas todos os anos.

Neste Dia Mundial de Higienização das Mãos vamos ter a consciência de fazer o procedimento de maneira correta para evitar a transmissão de doenças, em especial, a Covid-19. Conscientize as pessoas próximas para também higienizar as mãos. Faça a sua parte, lave as mãos e salve vidas.