Representantes da luta por melhorias no transporte público participam de audiência pública no Paulista

Última atualização:

A Câmara dos Vereadores do Paulista promoveu na manhã desta quarta-feira 04 de outubro de 2017, uma audiência pública sobre a Tarifa A, no Plenário da Casa Torres Galvão, no município do Paulista. Requerida pelos vereadores Fábio Barros e Alemão, a realização da audiência partiu dos questionamentos em relação ao sistema municipal de transporte público e a adequação de menor tarifa. Trabalhadores e estudantes pagam a tarifa B (R$4,40) para circular dentro de Paulista, diferente de outras cidades que usam apenas a tarifa A (3,20) na locomoção, por exemplo, Recife e Olinda.

Lideranças comunitárias, classistas, estudantis e vereadores registraram suas opiniões a favor da tarifa A e integraram à mesa. O movimento estudantil foi representado pela União Nacional dos Estudantes (UNE), Raniele; União dos Estudantes de Pernambuco (UEP), Manuella Mirella, presidente da UEP; Jefferson Ribeiro, Juventude Municipal Socialista Brasileira (JSB Paulista); Antônio Diego, União Metropolitana dos Estudantes Secundaristas (UMES). Manuella propôs a criação de um Fórum Permanente do Transporte Público do nosso município, com o objetivo de dialogar a conjuntura da mobilidade e tarifação do transporte público intermunicipal. “Nós vemos a dificuldade de vários estudantes paulistenses, em sair de suas casas, para ir ao Terminal Integrado Pelópidas Silveira, com o propósito de não pagar a tarifa B”, comentou.

“Essa realidade pode mudar se conseguirmos a tarifa A, pagando fora do Terminal, além de assegurar o Passe Livre para todos os estudantes”, completou Raniele, ao reforçar a criação de um Fórum Permanente para debater essas propostas junto da sociedade e entidades